Estamos acompanhando, com preocupação, a Operação da Polícia Federal no HUMAP-UFMS

 

 

A direção do SISTA/MS ( Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Institutos Federais de Ensino de Mato Grosso do Sul) acompanha de perto e com preocupação a Operação Again, deflagrada na quinta-feira (25) pela Polícia Federal (PF) e pela Controladoria Geral da União (CGU) para apurar suposto desvio de dinheiro público por intermédio de fraudes em licitação dos hospitais Universitário Maria Aparecida Pedrossian – HUMAP-UFMS, gestão da EBSERH e o Regional de Campo Grande. Foram mais de 20 mandados de busca e apreensão também em Dourados e no Estado de Belém.

Em nota à Imprensa, o HUMAP-UFMS divulgou comunicado lamentando possíveis falhas no gerenciamento de recursos e informa que está colaborando com as investigações, fornecendo documentos e arquivos, enfim, abrindo as portas da instituição para que os agentes federais possam esclarecer os fatos.

Num trecho da nota o hospital afirma: “ A atual gestão (EBSERH) do  HUMAP, iniciada em outubro de 2017, informa que lamenta os eventuais desvios de recursos e materiais, já que tem se empenhado firmemente no controle de despesas. Para isso, desde o ano passado funcionários dos setores administrativo e financeiro têm participado de cursos de controladoria e auditoria internas com a Controladoria Geral da União (CGU), a pedido da própria direção do hospital”.

O SISTA/MS lamenta fatos dessa natureza, de possível desvio de dinheiro público de uma unidade de saúde ligada à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Esperamos que os fatos sejam devidamente apurados e que os reais culpados por desvios e irregularidades, devidamente punidos.

 

Deixe uma resposta